Vencer meus limites!

superação

Eu e meu filho Joshua, nos superando juntos no paredão de 15m.

Hoje estava ouvindo um podcast que há muito não baixava, chamado The Candid Frame. Nele o apresentador do programa com mais de 7 anos no ar, falava de sua experiência como produtor, criador de conteúdo e profissional. De como desde de o princípio teve que ir aprendendo cada faceta deste projeto, complexo e rebuscado, com seus próprios erros. Por suas próprias palavras disse: “it’s OK not to know what to do!”, “está tudo bem não saber o que fazer!”
É mais fácil admitirmos nossas fraquezas do que fingirmos que elas não existem. No princípio essas deficiências, se podemos assim chamar, são notórias, mas logo vamos crescendo, aprimorando e desenvolvendo em direção ao profissionalismo.
Muitas vezes totalmente sem disposição de parar para escrever ou entrevistar alguém, dizia ele, o desânimo era vencido pela sede e determinação de vencer meus limites.
“Vencer meus limites”, “vencer meus limites”, isso ficou na minha cabeça… já nem sei bem ao certo se essa expressão foi dita por ele, ou veio a minha cabeça pela conclusão do que entendi de tudo que ele estava falando. Vencer meus limites…
Criar um website, editar podcast, publicar e manter tracking, falar sobre fotografia sem cair na redundante temática de reviews de equipamentos. Fazer tudo isso enquanto, trabalho o meu ganha pão, desenvolvo a minha carreira freelance, viajo com a família, assisto meus familiares nos problemas de saúde, treino fotógrafos na igreja, passo por três mudanças de casa, perco de meu pai… Acho que é vencer limites.
Volto falando que é possível se superar, fazer o que se gosta apesar das circunstâncias, se reinventar. Não sei bem ao certo como, nem como vai parecer, mas volto pra ver no que vai dar!!!
Não é a primeira vez que paro e necessito voltar, e possivelmente não será a última, mas volto anyway! A liberdade que hoje possuo, não pode ser tolida, precisar se expressar.
Espero poder contar contigo para podermos continuar correndo nesta mesma direção,
a de sermos pessoas melhores e fazermos um mundo melhor através do talento que Deus nos deu. A arte da fotografia tem poderes que poucos conseguem perceber, mas muitos são beneficiados…
Grande abraço pra todos,
Marcos Barbosa.

Mande um comentário ou pergunta!!!!