Episódio 040 – De volta e falando sobre Obturadores Fotográficos

Play
Nesse episódio falo um pouco do que me levou a ficar por tanto tempo parado. Não quero me justificar mas apenas explicar, sei que todos os meus amigos espalhados pelo mundo gostariam de saber mais detalhes…
k1000
Falo também um pouquinho sobre a importância da fotografia na sociedade dos dias de  hoje. Pois há bem pouco tempo atrás se questionava a possibilidade de que a fotografia do jeito que a conhecemos, poderia estar com seus dias contados.

A popularidade das câmeras filmadoras de alta definição, até mesmo em aparelhos celulares representava, na opinião de alguns uma ameaça. A possibilidade de se capturar um “frame” de um vídeo de alta resolução, eliminaria a necessidade de se usar uma máquina dedicada à imagens estáticas.
Ideia que rapidamente foi descartada por causa de aspectos técnicos,
como a velocidade de captura de “frames” de um vídeo ser mais baixa que a necessária para se congelar uma imagem.
14
Na Wikipédia podemos encontrar a definição:
O obturador é um dispositivo mecânico que abre e fecha, controlando o tempo de exposição do filme (ou do sensor digital) à luz em uma câmera fotográfica.
O valor de intervalo de tempo que a cortina se mantem aberta expondo o sensor à luz (S ou TV), é o que exemplifico como sendo uma das pernas do tripé que sustenta a técnica de fotografar. Dividindo a responsabilidade com a abertura de diafragma(A ou AV) e a sensibilidade do sensor(ISO).
Hoje os mais comuns são os obturadores mecânicos ou digitais. As câmeras sem espelho(mirrorless) possuem obturadores digitais, e as DSLRs(Digital Single Lens Reflex) porque possuem espelhos, têm obturadores mecânicos.
Frequentemente cortinas com movimento vertical.
Obrigado pela audiência e “vai fotografar”…!
Marcos Barbosa

Mande um comentário ou pergunta!!!!